Pesquisar neste blogue

Formas de negação da existência de Deus

 Quando falamos sobre a negação da existência de Deus logo pensamos no ateísmo, porém esta não é a única forma que nega a existência de Deus. Há uma variada inúmeras crenças que lutam para tentar de alguma forma negar a existência de Deus. Vamos conhecer algumas destas formas:

  • Ateísmo: A palavra ateísmo vem do original de duas palavras gregas, a e theos. A significa não e theos significa Deus. Portanto o significado de ateísmo é Deus não existe. Parece até ser contraditório mas o ateu crer que não existe Deus. O ateísmo se divide em duas categorias 
  1. Ateus Teórico ou filosófico: Nega a existência de Deus fundamentada num processo de raciocínio. Os principais argumentos ateístas irão chocar com conceitos de natureza sobrenatural e transcendental.Sua crítica recai, sobretudo, às concepções que não tenham nenhuma prova comprovada por métodos científicos, constituindo assim, argumentos racionais para comprovar a existência divina.Com isso, afirmações que provem a existência de deus pela experiência pessoal, pela na tradição, ou num livro não serão provas válidas para um ateu.
  2. Ateus Práticos: Negam a existência de Deus, e realmente vivem como se Deus de fato não existisse. No ateísmo prático ou pragmático, também conhecido como apateísmo, os indivíduos vivem como se não existissem deuses e explicam fenômenos naturais sem recorrer ao divino. A existência de deuses não é rejeitada, mas pode ser designada como desnecessária ou inútil; de acordo com este ponto de vista os deuses não dão um propósito à vida, nem influenciam a vida cotidiana. Uma forma de ateísmo prático, com implicações para a comunidade científica, é o naturalismo metodológico - a "adoção tácita ou assunção do naturalismo filosófico no método científico, aceitando-o ou nele acreditando, totalmente ou não."O ateísmo prático pode assumir várias formas: 
Ausência de motivação religiosa — a crença em deuses não motiva a ação moral, a ação religiosa, ou qualquer outra forma de ação;
Exclusão ativa do problema dos deuses e da religião da busca intelectual e de ações concretas;
Indiferença — a ausência de qualquer interesse pelos problemas dos deuses e da religião; ou

Desconhecimento do conceito de uma divindade.

  • Agnosticismo: O agnóstico não nega a existência de Deus claramente, isto porque eles costumam ensinar o seguinte: Não sabemos afirmar ao certo se Deus existe ou não.Agnosticismo é uma doutrina filosóficaque declara o absoluto inacessível ao espírito humano ou que considera vã qualquer metafísica e qualquer ideologia religiosa, uma vez que alguns desses preceitos ou ideologias não podem ser comprovados empiricamente.
    Agnosticismo é um termo com origem no grego, sendo a junção do prefixo indicativo da negação "a" e o termo gnostikós, que é relativo ao conhecimento.
  • Materialismo: Como o nome sugere o materialismo só acredita na matéria, não dando espaço para acreditar em espíritos ou seres espirituais. Eles declaram não haver vida depois que pessoa morre, e muito menos existe céu ou inferno. Os materialistas acreditam que quando uma pessoa morre, sua alma também morre junto com ela, desta forma não há possibilidade de um juízo superior, ou seja, não há possibilidade de juízo de Deus, porque afirmam eles que Deus não existe.
  • Panteísmo: O panteísmo não nega exatamente a existência de Deus, porém os panteístas dizem que tudo é Deus. Eles afirmam que Deus é o mundo e o mundo é Deus. Uma loucura não é? 
  • Politeísmo: Os politeístas acreditam que existem vários deuses e deusas. Eles além de acreditar no Pai, Filho e Espírito Santo, eles também acreditam que muitos outros deuses.
  • Deísmo: Os deístas acreditam que Deus criou os céus e a terra e tudo o que nela há, porém eles dizem que Deus não tem domínio, ou faz qualquer interferência na humanidade e que a humanidade é regida pelas suas leis naturais. Isto é grande perigo pois crer desta forma, faz com que eles acreditem que não existe bem ou mal, condenação ou salvação, céu ou inferno.
  • Dualismo:  Os dualistas acreditam que existe dois reinos, tais como matéria e espírito, bem e mal. Eles acreditam que existe duas forças cósmicas, duas energias que forma o universo. Estas energias recebem o nome de Yin e Yang. Esta cresça tem muita força nas seitas orientais.